Notícias

Recrutadores valorizam aspectos comportamentais tanto quanto os técnicos

12/02/2013 - 21:01

Foto:

Você viu que o perfil procurado pelas empresas nos programas de estágio e trainee mudou para valorizar aspectos comportamentais além dos técnicos. Nas entrevistas de emprego a situação não é diferente.

Os profissionais mais experientes também são avaliados de forma pessoal. Uma pesquisa da Right Management ouviu mais de 2 mil recrutadores em 17 países e mostrou que 64% deles fazem perguntas do tipo comportamentais com frequência.

Metade dos entrevistados se baseiam no currículo para fazer as perguntas e a grande maioria afirma ter flexibilidade para mudar alguma questão.

Segundo a pesquisa, as competências avaliadas variam conforme o nível profissional. Os mais jovens devem mostrar criatividade e inovação, e os mais experientes a habilidade de liderança.

Um dado interessante é que as entrevistas a distância devem ganhar espaço nos próximos anos. Em 2010, apenas 15% usavam vídeos e webcams no processo seletivo, número que deve saltar para 49% até 2015. Atualmente, 95% prefere a conversa cara a cara.

Assessoria de Comunicação Unilago

conteudo auxiliar